sábado, 7 de janeiro de 2012

Os melhores discos de 2011

Oi pessoal, Devo admitir que mediante tantos lançamentos ano após ano e com tanta paixão pelo rock dos anos 60 e 70, além de me atrapalhar em relação aos anos de lançamento (os dias passam muito rapido) até procuro acompanhar algumas novidades. Sei que existem milhares de lançamentos espetaculares e que devo nem conhecer muitos deles, mas em 2011 ouvi (basicamente ouço os discos que compro) e vou citar aqui pelo menos 8 coisas que gostei bastante, sendo 6 novos, uma incrivel reedição e um box especial. Vamos a eles: 1 - Noel Gallagher´s - High Flying Birds : confesso que temia pelo que os irmãos Gallagher poderiam fazer sozinhos se mesmo no Oasis eles já não superaram os velhos clássicos. Com este album Noel Gallagher e sua banda também não superou o grupo, mas seria pedir demais. Mesmo assim é um album lindissimo, mostra que o velho Noel ainda mantém o pique entre criar aquelas belas baladas movidas a Beatles com certeza. Agora é esperar pela sequencia, por ora, este está mais do que aprovado... Everebody´s on the run, Record Machine são perólas do mundo pop em 2011, 2 - Adele - 21 : após um revival de cantoras brancas que trazem o soul nas veias, demorei um pouco para conhecer este trabalho, a excessão dos hits Rolling in the deep e Someone like you, mas quando ouvi o CD e assisti o DVD admito que fiquei "de cara". A mulher canta muito, é carismática, tem um vozeirão e ainda compõe canções de amor que faz chorar até o mais frio dos mortais. Canções como Dont You Remeber, Chasing Pavements (do primeiro album, 19), Turning Table e One and Only.. são de uma beleza irretocável. O visual retrô do DVD também é bem legal e por vezes ela me faz lembrar a clássica Dusty Springfield que lá nos anos 60 já fazia aquele soul pop belissimo também . Se a moça continuar exalando este talento, cantando com esta emoção e brilhando com este carisma todo certamente será uma das grandes cantoras de nossos tempos. O unico senão aqui é em relaçaõ ao DVD onde ela fala MUUUIIITTO, até coisas legais (e fala muito rapido também), mas dá para pular e ir direto para as canções muito bem executadas... Longa vida a Adele, 3 - Flaviola e o Bando do Sol : A partir de 1974 o movimento psicodelico nordestino gerou uma série de grandes trabalhos como Paêbiru de Zé Ramalho e Lula Cortes, Rosa de Sangue de Lula Cortes e este Flaviola e o Bando do Sol. Cercado de musicos de talento como Zé da Flauta, o próprio Lula e outros, Flavio .. gravou um disco de folk nordestino lindissimo. Após anos de obscuridade, finalmente o selo Mr Bongo relançou o album (e vários outros da época e cena) em CD e VINIL e agora finalmente podemos ter em mãos estas obras primas. Ouça Romance da lua lua e Canção de outono e veja com a musica brasileira ainda nos reserva grandes surpresas passadas... Logo vai virar raridade de novo... 4 - Waterboys : An Appontaiment of Mr. Yates : certamente não é o melhor disco do Waterboys mas só o fato de saber que ainda estão na ativa e gravando já me deixa feliz. O grupo de Mike Scott continua mandando bem, faz um disco seguro, maduro e melódico com boas canções. Ainda de sobra traz o talento de uma vocalista que mostra um deliciosa voz e que me encantou logo na primeira audição do disco. Viva mr Mike Scott, o cara que um dia criou álbuns como This is the Sea, Fisherman Blues e Room to Roam .., alguns dos discos que mais ouvi na vida nos anos 80 e 90, 5 - Yes - Fly from Here : O Yes ainda vive em 2011 e não vai mais mudar o mundo, muito menos gravar discos como Close do the Edge, Fragile ou Relayer. Mas com uma nova voz, Benoilt David, (cujo trimbre é muito parecido com o de Jon Anderson), criaram um album com 11 belas canções, sendo que muitas delas vieram das sessões do Drama de 1980 (que gosto muito, ao contrário de muitos especialistas) e o resultado ficou bem agradável. Como sempre Steve Howe e Chis Squire mandando muito bem. Um dos meus grupos preferidos de todos tempos e que ainda vive e bem, graças a Deus !
6 - Neil Young - A Treasure : um dos meus preferidos de todos os tempos retirou do fundo baú canções de seu álbum mais country, Old Ways, de 1985 e nos brindou com 12 lindas canções desta época. O disco é delicioso do começo ao fim, nem de longe é um dos clássicos do homem, mas a cada lançamento de Neil Young o dever de apreciar nos chama e para mim não tem como não gostar. Não é novidade, não é hype, mas sempre estará na minha "the best of"..
7 - Black Country Comunion : Para quem acha que hard rock setentista ficou lá para trás ou que super grupos são coisas da época do Cream ou do CSN&Y,. o Black Country Comunion mostra que tudo isto é besteira. Incrivel um grupo formado por musicos como o mister voice do rock, Glenn Hughes, homem que um dia empunhou o baixo de grupos como Trapeze e Deep Purple, além de cantar no Black Sabbath, Joe Bonamassa o incrível guitarrista de blues rock, o tecladista do Dream Theater Derek Sherinian e ninguém menos do que o filho do "homem", Jason Bonham. Unidos lancaram um segundo e novamente estupendo trabalho além de um DVD que eu ainda não vi.. mas também promete. Ambos discos do grupo são perfeitos e parece que um terceiro trabalho já está chegando em 2012.. vamos aguardar, e quem sabe ver os caras ao vivo por aqui. Quer conferir a pegada, ouça o clássico Medusa do Trapeze, Down Again ou ainda 10 canções de tirar o folego dos fãs do genêro.
8 - Marcos Valle - Vale Tudo : já sabia que o cara era bom, mas ouvindo com calma esta obra chego a conclusão de que Marcos Valle é ótimo, um excelente musico e que compunha musicas de extremo bom gosto ao lado de seu irmão e letrista Paulo Cesar Valle. Incrível como ele passeia pela bossa nova, sem ficar no tédio, samba, rock, folk e diversos estilos da musica brasileira sem perder o charme. A caixa retrata seu período de Odeon que vai de 1963 a 1974 e ainda traz um disco com Lost Sessions. Imperdivel, se você não conhece bem a obra de Marcos Valle ou acha que ela fazia apenas musicas para as antigas novelas da Globo corra atrás desta caixinha. São 11 CDs com preço muito convidativo. É musica para se ouvir por um bom tempo. Destaques para discos como o Cantor e o Compositor de 1965, Marcos Valle de 1970, Vento Sul de 1972 e o clássico Viola Enluarda de 1968 que ainda traz uma ótima participação de Milton Nascimento.
ainda houveram belos albuns como o do Wilco, Jayhawks entre outros confesso que preciso apreciar melhor, das primeiras audições não superou estes acima e muito menos outros trabalhos dos próprios,
O Black Keys, tão alarmado por estes lados, eu comprei também, mas ainda não decolou, estou tentando entender o que os caras tem de tão diferente, ainda não cheguei la, se chegar eu avise no blog,
agora vamos aguardar 2012 e torcer por ótimos lançamentos também. 2011 vai ficar na saudade, grande ano e belos lançamentos ...

2 comentários:

Vander Sposito disse...

Olá amigo Wagner !

Como vai ?

Já sentia falta de suas dicas e estas deste post, vou procurar conhecê-los com certeza !

Grande abraço e se mantenha por perto.

Vander

Wagner Xavier disse...

fala garto, saudades de vcs

abraços e vamos manter contatos,

Wagner