sexta-feira, 4 de maio de 2007

Neste final de semana farei uma homenagem a uma grande banda. Grand Funk Railroad. Como diz um velho amigo, Bento Araujo, os "bolhas" (isto é uma longa estória) costumam fazer homenagens para discos, bandas, etc, em finais de semana preguiçosos. Farei também uma exposição e analise das capas dos vinis, cds, lavagem destes bolachões geral, etc. De vez em quando a gente esquece das bandas do coração, então, neste teremos a homenagem. Segue os melhores momentos desta maravilhosa banda (odiada pelos críticos moderninhos da época, mas amada pelos rokers em geral ... os caras vendiam muito e tocavam MUUUUUUIIIIITO alto !!!) ... Um absurdo de tão legal,,, Estes das capinhas são os melhores, depois ficou meia bomba ... mas ainda é sim eu gosto !!! Vai encarar ? , Local da homenagem : lá em casa ...Chega + We´re an American Band (1974), clássico absoluto, o Grand funk finalmente é respeitado pela crítica. Disco fortíssimo, produção de Todd Rodgreen. A introdução de faixa título já denuncia a pegada dos caras. Básico !!!

E-Pluribus Funk, disco da moeda. Famosíssimo, alguns dizem ser um disco irregular, particularmente é um dos meus preferidos. Bastante emocionante, conta com a força dos vocais de Mark Farner.

Survival, de 1971, excelente disco, tem o ótima versão do Traffic de Its Allright e também Gimme Shelter dos Stones, além de clássicos funkianos.

Phoenix, disco de transição, 1974, entrada do tecladista Craig Frost, é um disco diferente, mas pop, mas nem por isto deixa de ser fundamental. Adoro Flight to the Phoenix e Someone...

Disco ao vivo, quarto disco, produção pra lá de tosca, garagem pura, pesado até a alma. Em 1971 ninguém toca nestes volumes ... Absolutamente fundamental... Closer to Home, 1970, lindo lindo. Tem a clássica canção titulo, hino contra a guerra do Vietnã. Pode ser usada hoje contra a guerra do Iraque, portanto continua relevante. Este disco tem um som bem mais produzido. Coisa fina. Estréia da banda. Garagem, gravado em algumas horas, é basico e cru até a alma. Contém os clássicos Are you reading, Into the Sun, Heartbreaker e outras !!! Uma das grandes estréias de todos os tempos... 1969 Grand Funk, o famoso disco vermelho, 1970. Com certeza meu preferido, se o hard rock dos anos 70 tem uma cara, a cara seria esta ... Disco pesado, denso, cru, sem nenhum ponto fraco. O Grand Funk era demais !!! Agora é curtir o final de semana, Wagner

2 comentários:

Anônimo disse...

Como eu queria encontrar
um pessoal que tocasse essas
coisas maravilhosas..mas infelismente é muito dificil encontrar, um dia chego la.
Parabens, o blog ta show
bj
Nei

Juliano disse...

Wagnão,

Parabéns pela condução do blog até o momento ... utilidade pública publicar estas pérolas!

E o velho e bom blues? Quando é que vai sair uma homenagem? Fica o desafio ...

abraços,
Maia